• Notícias Destaque!

    Enem 2017: como solicitar isenção da taxa de inscrição

    Enem 2017: como solicitar isenção da taxa de inscrição para a prova nacional; que envolve milhares de jovens em busca de uma vagas nas universidades e institutos federais de educação; que selecionam seu candidatos pelo Sisu, Sistema de Seleção Unificada; que se baseia nas notas do Enem para ingresso de calouros.

    Enem 2017: como solicitar isenção da taxa de inscrição

    O processo referente a isenção da taxa de inscrição do Enem será mais difícil para os candidatos; pois a partir desta edição; os estudantes que têm direito à isenção, por serem de famílias de baixa renda; e que estejam cadastrados em sistemas de benefícios sociais do governo federal; precisarão inserir mais documentos de identificação no sistema de inscrição do Enem.

    Veja como evitar a eliminação no Enem

    Acesse Universidades Portuguesas que utilizam as  notas do Enem para ingresso de calouros

    Como solicitar isenção de inscrição do Enem

    De acordo com o MEC, o Enem 2017 usará quatro critérios para conceder isenção na taxa de inscrição:
    1-Estudante da rede pública (no terceiro ano do ensino médio): Conforme informações do MEC, haverá a concessão automática da isenção para os concluintes do ensino médio de escolas públicas. Ao informar seus dados, o candidato matriculado em qualquer modalidade de ensino em escola da rede pública; declarada ao Censo Escolar da Educação Básica, terá direito ao benefício.
    2-Candidato que se encaixa na Lei 12.799/2013: Lei que obriga às instituições federais de ensino superior a concederem isenção de pagamento de taxas de inscrição em vestibulares; a todas as pessoas que cumpram dois requisitos:
    -O primeiro deles é ser de família com renda per capita de até um e meio salário mínimo;
    -O segundo requisito é ter estudado em escola pública durante todo o ensino médio; ou ter estudado com bolsa integral em uma escola particular durante o ensino médio.
    3-Candidato com inscrição no CadÚnico: O Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) é um sistema do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDS) de identificação das famílias brasileiras de baixa renda; que centraliza a informação das pessoas beneficiadas por programas sociais como o Bolsa Família. De acordo com o MEC, na edição de 2017; todo os candidatos que estão inscritos no CadÚnico terão que inserir seu Número de Identificação Social (NIS) no sistema de inscrição do Enem.

    NIS

    O NIS é o equivalente ao número do Programa de Integração Social (PIS) para beneficiários de programas sociais; e pode ser consultado em agências da Caixa Econômica Federal. Com o NIS, o sistema fará o cruzamento de dados e comprovará a situação socioeconômica da família.
    Neste caso, é considerado apto a receber a isenção; o candidato de famílias com renda per capita de até meio salário mínimo; ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.
    4-Candidato de baixa renda sem inscrição no CadÚnico: Até a última edição, o MEC não exigia a comprovação de inscrição no CadÚnico para conceder a isenção da taxa do Enem. Para solicitar o benefício; o estudante de baixa renda precisava declarar e comprovar sua situação socioeconômica no ato da inscrição. Nesta edição de 2017, a presença no CadÚnico não é requisito obrigatório.
    O MEC declarou ainda que, “em situação excepcional, o participante poderá declarar que atende às condições do decreto e da lei que permitem a gratuidade”, como ocorria no ano passado. O decreto em questão é o de nº 6.135, de 26 de junho de 2007, que caracteriza, como baixa renda, a família com renda per capita de até meio salário mínimo, ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

    Inscrição Enem 2017

    Inscrições Enem 2017, estarão disponíveis de 8 a 19 de maio, neste link, momento que o candidato deverá prestar atenção para realização do procedimento.

    As principais mudanças do Enem:

    -No primeiro domingo terá linguagens, ciências humanas e redação, com cinco horas e meia de prova; no segundo, matemática e ciências da natureza, com quatro horas e meia de prova;
    -Cadernos de prova serão personalizados, com nome e número de inscrição na capa e cartão de respostas;
    -Passarão a ser isentos da taxa de inscrição também aqueles que tiverem cadastro no CadÚnico (que reúne famílias de baixa renda);
    -Não serão divulgados dados do Enem por escola, para evitar ranqueamento;
    -Isentos do pagamento da inscrição que não comparecem perdem direito ao benefício no ano seguinte se a ausência não for justificada;
    -Enem não valerá para certificar o ensino médio;
    -Solicitação de tempo adicional para atendimento especial deverá ser solicitada no momento inscrição;
    -De acordo com o MEC, os  estudantes recusaram, em consulta pública, a possibilidade de fazer a prova no computador.
    Fonte: www.enem2017.pro.br

    OLHO DE IPOJUCA - NOTÍCIAS 

    SIGA-NOS NO FACEBOOK 

    Tem alguma notícia para compartilhar? Envie por e-mail para O olho de Ipojuca - Notícias

    Post Top Ad

    authorSaiba um pouco sobre mim Reginaldo Silva, autor do Livro 60 Minutos no Paraíso e Nas Mãos de Deus Recife, Pernambuco Cônjuge: Paulinha da Silva (desde 1991) Estudou: Bacharel em Teologia Doutor em Teologia Pastor em nome de Jesus Empresário
    Leia Mais →

    Post Bottom Ad